Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Pouco conhecida no Brasil essa raça
 apresenta características atléticas

Muito inteligente, alerta e responsável, o Border Collie, é afetivo com amigos, mas reservado com estranhos o que o torna um bom guardião. Sua aparência geral é de um cão de tamanho médio, bem proporcionado e de aparência atlética. Possui graça e habilidade com substância suficiente para ser resistente. A inteligência é a sua marca registrada.

No Brasil  essa raça ainda é pouco conhecida. Entre suas principais características está a energia e, ele está sempre pronto para gasta-la. Por esse motivo, precisa sempre receber estímulos e desafios diários de seu proprietário para ter todas as suas necessidades atendidas. O Border Collie é a raça campeã na preferência dos praticantes de agility.

Origem e História

O Border Collie surgiu na Grã-Bretanha por volta do século XIX, sendo descendente dos cães de trabalho da região. Naquela época, os cães de pastoreio tinham tendência a cercar os animais rodando em círculos e intimidando-os com latidos até conduzi-los ao pastor. Até que surgiu um cão capaz de pastorear sem latir e apenas com o olhar conduzir o rebanho: Hemp, considerado o "pai" do Border Collie.

Em 1906, foi definido o primeiro padrão da raça, que ao contrário dos padrões da maioria das raças, trazia mais a descrição das habilidades para o trabalho do que a descrição física propriamente. De fato, esta ênfase no perfil de trabalho vem modelando a raça desde então. Até 1915, a raça era conhecida simplesmente como "sheepdog", quando foi batizada de Border Collie.

Os ancestrais do Border (Fronteira) Collie se desenvolveram por toda a Inglaterra, mas sua herança escocesa é evidente na palavra "Collie" que é do dialeto Escocês. Trabalhos de antes de 1800, gravados em madeira, já mostram cães que lembram o Border Collie de hoje nas duas variedades, o pêlo longo e o pêlo curto.

Pouco depois de 1860, a Rainha Vitória viu um Border Collie e se tornou uma grande entusiasta da raça. A partir daí divergências entre nosso Collie moderno e o tradicional cão Pastor começaram. De qualquer maneira o atual Border Collie continua sendo um verdadeiro cão de trabalho com muito poucas mudanças em tipo.

Em 1876 Mr. R. J. Lloyd Price fez uma demonstração mostrando a capacidade desses pastores. De cem ovelhas levadas a um Palácio em Londres, três foram separadas do rebanho e levadas a uma área remota do Parque, e lá abandonadas. A inteligência desses cães para leva-las de volta a um pequeno curral, atendendo gestos e assovios de seus mestres, deixou a todos atônitos. É essa extrema habilidade que os criadores sérios de Border Collies querem perpetuar.

A cor é aceita em uma grande variedade, desde que o branco não seja predominante. A mais comum é a preta com colar, meias (parte inferior dos membros) e ponta da cauda brancos. Sendo um cão de pastoreio, o Border Collie gosta de perseguir outros animais e adapta-se bem a climas frios. Para isso, conta com uma pelagem de comprimento médio, que requer escovação duas vezes por semana.

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1