Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Sua popularidade aumentou graças ao filme de "Walt Disney"

A popularidade desse amiguinho de estimação surgiu após o empurrãozinho de Walt Disney, com o filme "Os 101 Dálmatas", a partir da obra homônima de Dodie Smith (atualmente foi feito a continuidade com o filme 102 Dálmatas, que aumentou ainda a popularidade da raça), lançada em 1961. No filme, a vilã cobiça a maravilhosa pelagem branca enfeitada pelas pintas escuras para fazer um casaco.

Mas, esse amiguinho tem muitos outros atrativos que fascinam seus donos. É um cão extremamente ativo, brincalhão e raramente é agressivo. Além disso, é especialmente dedicado ao dono, dócil e amoroso. Normalmente essa raça vive muitos anos e é muito irrequieto durante a juventude.

Esse bonito cão foi criado para correr ao lado de cavalos e de carruagens, por esse motivo tem necessidade de fazer muito exercício. Os Dálmatas só se sentem felizes se podem viver em liberdade perto do campo e com amplo espaço para correr e se exercitar.

Origem e História

Alguns entusiastas reivindicam evidências de que tenha originado no Egito antigo onde aparece em imagens sobre os túmulos dos faraós. Outros defendem que tenha surgido na Dalmácia, região da Iugoslávia, afirmando que o nome da raça tem origem no nome da região. 

Mas,ao que tudo indica, é uma raça muito mais antiga pois encontram-se ilustrações na Grécia e no Oriente mostrando animais idênticos ao atual, tanto na pelagem quanto na expressão. Numa obra datada de 1792, há descrição e desenho de um Dálmata com a seguinte legenda “Dálmata ou Cão de Coche”.

Contudo, parece cada vez mais aceitável a teoria que o Dálmata é proveniente do Reino Unido, país onde goza de grande popularidade, e onde existem grandes exemplares da raça, que têm sido exportados para todo o mundo.

Esse grande amigo, foi usado inicialmente para guardar estábulos e também como escolta das carruagens, correndo ao lado e atrás delas. Tornou-se mascote dos bombeiros americanos (resquício do tempo em que os caminhões de bombeiros eram puxados por cavalos)

Seja como for o Dálmata tornou-se um cão bastante popular na Europa trabalhando até em circos. Muito forte, musculoso e ativo, resistente e veloz, tem grande beleza e equilíbrio estético, e durante algum tempo, por seu bom olfato, foi usado como cão de caça, embora sem grande destaque.

Sua pelagem manchada é realmente muito elegante, com pêlos curtos, densos, finos, lisos e brilhantes. Existem dois tipos aceitáveis de manchas, as cor de fígado e as pretas, sempre sobre fundo branco puro. Na aparência geral é um cão forte, de linhas harmoniosas e simétricas, alegre, brincalhão, muito ativo, com expressão inteligente, tendo a cauda longa que vai chicoteando de lado a lado.

Ao contrário do que muitas pessoas afirmam, o Dálmata não é um cão feroz. A agressividade não faz parte do seu temperamento. Apesar do porte médio, o Dálmata não é cão de guarda.

A saúde do Dálmata é alvo de muitas especulações. Existem determinadas doenças que costumam acometer esta raça. entre elas estão: Displasia coxo-femural; Cálculos urinários; Atopia. Dentro dos cuidados especiais está o banho que deve ser dado regularmente. Outro diferencial é o fato de alguns animais dessa raça sofrerem de surdez

 

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1