Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Um cão eficiente na guarda com estranhos

O Mastife Inglês apesar de ser um cão de caça, ele tem boa índole, é dócil com os seus e eficiente na guarda com estranhos. O correto comportamento desse cão poderia ser definido como mais digno do que alegre e nunca deve mostrar timidez.

Sua pelagem é curta e assentada.

A cor pode ser: abricó, leonino, leonino prateado ou leonino tigrado escuro (variações do leonino, fulvo). O focinho, orelhas e nariz são pretos e os olhos ilhados de preto.

Na aparência geral, ele é grande, massivo, denotando grandeza e dignidade. Os machos têm aparência mais massiva, mas mesmo assim as fêmeas são proporcionalmente muito estruturadas. Sua cabeça lembra um cubo. A largura na proporção crânio / focinho 1: 2 é um item importante. Os membros são bem afastados e aprumados e músculos claramente definidos.

Origem e História

A palavra "Mastiff" na Inglaterra, país de origem destes cães, na verdade descreve mais um grupo de várias raças gigantes do que uma simples raça.

É impossível saber qual das raças de Mastifes é mais antiga e qual delas é a base de formação para as outras. Supõe-se que o grupo tenha se originado na Ásia. Desenhos de típicos Mastifes datados de 3000 A. C. foram encontrados em monumentos egípcios e existem referências em documentos escritos em data próxima a 1121 A. C.

César os descreve por época da invasão da Inglaterra em 55 A. C., onde esses cães valentes lutavam ao lado de seus mestres no combate às legiões Romanas.
Com a dominação romana esses cães de briga foram levados da Inglaterra para Roma, onde derrotavam invariavelmente as várias outras raças nos Circos. Foram postos à prova também contra gladiadores humanos, touros, ursos, leões e tigres.

Na Inglaterra só em 1835 as lutas entre cães foi proibida. Mesmo assim sempre existiram e ainda existem muitos adeptos desse tipo absurdo de "esporte", mas hoje, na maioria dos casos, ele é usado como "cão de coleira", (preso de dia e livre a noite). Não é de hoje que ele é amplamente usado como protetor dos lares e sabe-se que este gigante vem sendo usado na Inglaterra como cão de guarda por mais de 2000 anos.

Copyright© 2003 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1