Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Um animal robusto

Um cão muito dócil e que está sempre pronto para brincar. Essas são algumas das características do Setter Gordon, tido como o mais robusto da classificação dos setters. É uma raça inteligente, mas seu treino deve começar desde quando ainda são pequenos. O treinador precisa ter paciência e ao mesmo tempo ser firme com o animal.
    É um cão menos agitado que o Setter Irlandês. Precisa de passeios freqüentes para se exercitar. É mais indicado para morar em locais que tenham espaço para que ele possa brincar.
    Por ser dócil, pode ser uma ótima companhia, inclusive para crianças. Já com estranhos, ele é um pouco desconfiado.
    É um animal de porte grande, tendo em média entre 51 a 66 centímetros e peso entre 21 a 34 quilos. Sua expectativa de vida chega a 15 anos, mas em média vivem entre 10 a 13 anos.
    Sua cor é preta com marcas no tom castanho avermelhado. Seu pelo é denso é necessita de escovação diária, além de banhos semanais.
    É um animal muito saudável. Entretanto, a torção gástrica é o problema que mais afeta o Setter Gordon e pelo fato de ser um cão de grande porte, pode sofrer com a Displasia Coxo-femural.

Origem


    A origem desses animais é incerta.  Acredita-se que os setters tenham  surgido a partir do cruzamento de  spaniels  espanhóis e pointers franceses.  Os animais com as cores preta e canela  foram vistos desde o século XVI na  Escócia e Inglaterra.
    Porém, a história mais provável para o  Setter Gordon diz que o Duque Alexandre  de Gordon por volta de 1820 teria  estabelecido a características da raça  como conhecemos hoje.
    Provavelmente foram usados animais  com essas cores e uma cadela Collie que  possuía um ótimo olfato. O principal  objetivo do duque era criar um cachorro que servisse para a caça.
    Nos Estados Unidos os primeiros animais chegaram em 1842. A raça foi reconhecida apenas em 1892 pelo American Kennel Club.




Copyright© 2002 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1