Página Inicial

 


 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Ele é um peludo confiável que não dispensa um colinho

O Shih-Tzu é um cão de porte pequeno considerado uma excelente companhia, ativo e muito alegre. A expressão do olhar é doce e amigável. Ele adora ficar no colo e tem paciência para conviver com crianças. Não gosta de ambientes muito barulhentos.

Adapta-se facilmente ao esquema de vida dos donos. Seus passeios podem se resumir a três curtas caminhadas diárias de 15 minutos cada. É bem versátil pois se o dono quiser brincar, ele brinca. Se for descansar, trabalhar ou tiver que deixá-lo sozinho, é só deixar vários brinquedos interessantes que ele fica sossegado. 


O único trabalho extra que o dono de um Shih-Tzu vai ter é o de escovar o pêlo do seu cãozinho. Ele precisa de escovação diária para que o pêlo fique sempre brilhoso e livre dos nós indesejados. 


Uma outra característica deste cachorro inteligente e amistoso, bastante apreciada por seus donos, é a de conviver sempre muito bem com outros animais, cães, gatos, ferrets, entre outros. 


O Shih Tzu é uma raça que vive de 12 a 14 anos, podendo chegar até a 18 anos. Pesa entre 4,5 e 8Kg e mede até 26,7cm de altura. De orelhas grandes, caídas e bem peludas, este cão tem pelagem dupla, ou seja, pêlo e sub-pêlo. É encontrado nas cores preto/branco e dourado e castanho e branco, sendo preferida a pelagem branca.

Quanto à alimentação, esta raça exige ração seca, já que a comida úmida gruda na pelagem ao redor da boca o que torna mais difícil a sua retirada. Alguns proprietários dão complexos vitamínicos para melhorar a pelagem. 

Origem e História

Originário do Tibet, o Shih Tzu era utilizado como cão de companhia durante as longas viagens até a China. Os cachorros andavam ao lado das caravanas ou em cestas carregadas por mulas. Também eram encontrados nos monastérios, onde ganharam a fama de amuletos. Até então, eram mais parecidos com o Lhasa Apso, um dos cães que participou da sua formação.

Na China, segundo a cinóloga Hilda Drumond, alguns exemplares foram doados ao imperador e passaram a ser uma das poucas raças que habitavam a 'Cidade Sagrada', residência oficial da família do imperador. Em sua nova casa, os antigos Shih Tzu cruzaram livremente com os Pequineses. Isso explica a origem de muitas das características da raça, hoje. Herdou do Lhasa a pelagem longa e do Pequinês a cara achatada. Hilda acrescenta: "Muitos traços físicos do Shih Tzu são o meio termo entre o Lhasa Apso e o Pequinês." A mordedura do Lhasa, por exemplo, é em tesoura invertida (os dentes de baixo se fecham ligeiramente à frente dos de cima e encostam neles) e a do Pequinês é prognata (dentes de baixo à frente dos de cima, sem que se encostem). O resultado é que o Shih Tzu é um pouco prognata. O focinho do Pequinês é muito curto e o do Lhasa tem por volta de quatro centímetros. O Shih Tzu, ficou com uma medida entre as duas raças: aproximadamente uma polegada (2,54cm) de comprimento. O Pequinês possui subpêlo denso; o Lhasa, moderado. Já o Shih Tzu, uma densidade intermediária à dos dois.


Uma lenda conta que o Shih Tzu é o símbolo do amor impossível entre uma princesa chinesa e um mongol (povo predominante no Tibet). Como o casamento lhes foi negado, eles teriam resolvido cruzar um legítimo representante da China (o Pequinês) com um de Lhasa (capital do Tibet), este seria o Lhasa Apso. Da união das raças surgiu o Shih Tzu, simbolizando tudo o que há de melhor nas duas culturas e o amor entre os dois povos.

 

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1